Bear Detectives

Meu primeiro contato com o Bara foi através do trabalho de Go Fujimoto. Seu traço foi durante anos uma inspiração muito grande para mim. Uma das minhas maiores frustrações foi nunca ter conseguido ver uma edição de “Bear Detectives“, uma série que ele publicou na década de noventa na revista mensal G-Men. E é sobre ela que falarei um pouco neste artigo, cujo material eu consegui por acaso, quando vasculhava uns cds antigos e vi que há algum tempo atrás, ano 2000 para ser mais exato, eu havia copiado boa parte do antigo site do Fujimoto, que hoje em dia usa o formato de blog…

Sobre a história…

O cenário é Nova York, Estados Unidos, e no bar gay de Christopher Street “Grizzlies” se torna o centro das histórias como ela se desenrola. Shoji Shibaura, um japonês que, depois do desaparecimento súbito de seu amante Brian, voa sozinho para New York, antiga residência de seu amante, e Richard Berman, ex-policial e um investigador particular cujo companheiro, Albert, foi assassinado. A série gira em torno desses dois personagens e dos amigos que estão por perto para ajudar os problemas e aproveitar os bons momentos.
Pelo o que o autor conta, a receptividade da história foi muito boa, mas infelizmente não se acha mais os volumes dela para se comprar, nem no Japão.

Personagens

Shoji – Até pouco tempo vivia no Japão com seu amante Brian, que desapareceu de repente. Ele voa para a América, para a cidade natal de seu amante. Acreditando que ele não foi abandonado por Brian, ele visita o Grizzlies bar, a fim de contratar um detetive particular. Lá, ele conhece Richard, e como os dois vão se conhecendo, seus sentimentos começam a balançar na direção dele.

Richard – Um detetive particular em Manhattan. Ele era originalmente um policial, em parceria com Randy. Depois de um certo incidente, ele se demite da corporação e mais tarde, começa uma agência de detetives. Acaba conhecendo Albert, que se torna seu amante. No entanto, a morte súbita de Albert tira o vigor de Richard para a própria vida. Durante este período, ele conhece Shoji.

 

Marcus – Amigo próximo de Richard e Albert. E aos poucos acaba virando amigo de Shoji também. Ele tem uma personalidade amável, inconveniente para o seu físico, mas pode possuir um lado enxerido. No entanto, às vezes também pode mostrar um lado mais perigoso de si mesmo. Namora Mike.

Mike – Namorado de Marcus. Apesar de estar infectado com HIV, conserva um espírito alegre. Estão juntos há sete anos.

Randy – Tem o posto atual de detetive da polícia de Nova York. Ele foi parceiro de Richard, e é uma importante fonte de informação.

Hunk – Dono do Bar “Grizzlies”, que fica na Christopher Street. Ele cuida do lugar sozinho, e está preocupado com a velhice que se aproxima. Este é o lugar onde Shoji contrata Richard. Hank olha para todos os clientes habituais do bar com uma espécie de “amor paternal”.

Albert – Foi amante de Richard. Foi morto por um assaltante desconhecido tarde da noite numa rua lateral da Christopher Street.

Brian – Amante de Shouji Shibaura. No entanto, seu paradeiro é desconhecido. A partir de informações de que já morou em Nova Iorque, Shoji começa sua busca por ele…

Galeria

Fujimoto havia disponibilizado em seu antigo site uma galeria com imagens com algumas ilustrações feitas em aquarela da série:

                     

About author View all posts

Marco ByM

Marco ByM se entende por Nerd há mais tempo do que se lembra, embora não seja fã de Star Wars – Vida Longa e Próspera, sorry! E usa o Bear Nerd para unir as duas grandes paixões da sua vida: Nerdices e Ursos.

  • Nussa quantos bears magníficos @_@ Em especial Marcus ^^