CANADURSOS – URSOS, CHASERS, CHUBBYS, FAT GAINERS, GROOMR E SUAS VERTENTES

Oi Gente, mais uma vez colocamos o vídeo atrasado devido nossa maravilhosa internet, mas enfim… Nesse vídeo iremos falar do mundo dos ursos e suas vertentes como os chasers, chubbys, e também algo que considero potencialmente interessante, os gainers, feedees ou fat gainers.

Se gostaram do vídeo ajudem esse casal de ursos gays, curtam, se inscrevam no canal e compartilhem!

Facebook: https://www.facebook.com/canadursos
Steam:
Luiz: LzRodríguez
Felipe: Lzfeau

Site do Groomr: https://www.grommr.com/

Comentários

Facebook

4 Replies to “CANADURSOS – URSOS, CHASERS, CHUBBYS, FAT GAINERS, GROOMR E SUAS VERTENTES”

  1. Eu estou no Groomr e honestamente a coisa me preocupa lá, parece que a maior parte dos usuários tem problemas alimentares. A coisa ultrapassa atração física e entra no transtorno alimentar.

  2. Então, até curti o vídeo, mas achei que algumas coisas eu discordo, por exemplo dizer que Muscle Bear é carro chefe, não é bem por aí. Dizer que pelo é determinante para ser urso também achei equivocado, bombado de pelo é Barbie peluda, apenas, urso precisa ser encorpado, seja gordo (urso) ou musculoso (Muscle Bear). Mas curti a parte sobre gainer, não sabia que era tão bem estruturado.

    1. Oi colega, tudo bem? Não sei se viu, mas falamos que é nossa visão sobre o assunto… Honestamente não entendo muito sobre, mesmo por que tudo isso é somente um monte de rótulos, então no fim das contas não faz muita diferença… Rs

      1. Entendi. Então, para alguns faz diferença até pelo motivo pelo qual dizem ter surgido (Como contra ponto a cultura padrão de magro, sem pelo vulgarmente conhecido como padrão de beleza social) acaba se tornando algo como uma identidade, um espaço para chamar de seu e se sentir a vontade, o que cá entre nós para quem é gordo não tem muitos não é mesmo? Embora ache o seu jeito de ver as coisas muito mais saudável, não dá para desmerecer quem se identifica como. Abraços e obrigado pela resposta. o/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.