O Retorno do Rei

Cá estou eu de novo para falar das histórias do Thor, que em maio vai ter o seu filme nas telonas. E como é de praxe os quadrinhos se inspirarem em coisas mostradas nos filmes para gerar uma maior identificação e conseqüentemente novos leitores (como foi o caso do Homem-Aranha, que por um tempo perdeu seus lançadores de teia e passou a soltar uma teia orgânica, como nos filmes).

Dessa vez quem volta da morte lá nos states é o chefão de Asgard, o Todo-Poderoso Odin. A trama envolve as consequências de Asgard (que quase foi destruída no final da saga Siege – ainda inédita no Brasil) estar existindo em nosso mundo e com isso ou outros reinos interligados ao Reino Eterno estarem ruindo. Um inimigo obscuro, aprisionado há muito tempo (que só por curiosidade, também é barbudo e ostenta uma barriguinha – seria uma versão evil de Odin?).

Clique nas imagens para ampliá-las:

O legal disso tudo é o início da edição 618 que mostra um Odin Porradeiro, como eu vi poucas vezes.

E é claro, a volta triunfal:

Sabe é engraçado ver Odin com um pancinha, eu cresci vendo ele todo fortão… Embora não é a primeira vez que ele aparece com umas gordurinhas a mais. Há alguns anos quando Asgard foi dominada por deuses malignos, Odin foi capturado e torturado, preso no melhor estilo bondage, só de tanguinha, onde pela primeira vez apareceu a sua grande pança:

Claro que depois ele foi libertado e partiu pra porrada, senão não seria um legítimo asgardiano.

Para esse ano a Marvel promete uma nova megasaga, Fear Itself , envolvendo o Deus do Medo e é claro que Thor não estaria de fora. O teaser dele mostra um Odin muito insatisfeito com o que aconteceu em sua ausência.

Phudeu!

Repararam que essa roupa do Odin está muito parecida com a do filme?

Comentários

Facebook

4 Replies to “O Retorno do Rei”

  1. Poxa, eu nem acompanho THOR mas essa história de um Odim gordinho já tem num livro que estou tentando escrever… acho que vou pesquisar mais sobre as histórias dos quadrinhos asgardianos…

    1. Não é problema vc usar um Odin fora do peso. Sendo a figura/estereótipo do rei, um guerreiro poderoso mas que hoje em dia cuida mais do reino e consequentemente com a idade veio a pança, rsrsrsr. Eu mesmo no ByM Adventures usei um Odin gordinho. Não se prenda criativamente por causas desses detalhes…

    1. Romitinha é insuperável mas, de fato, o Coipel tem feito um trabalho ESPETACULAR! Mas o Thor tem uma tradição de excelentes desenhistas: Kirby, Buscema, Simonson…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.