Foi por acaso andando pelas interwebs da vida que me deparei com esse “jogo de luta” para smartphones e tablets. Produzido pela Gameloft, que começou fazendo versões genéricas de grandes jogos como como God of War e Soul Callibur e que tempos depois produziu jogos oficiais para a Marvel, Dreamworks e até Disney.

Eu usei aspas em jogo de luta, pois esse jogo segue o esquema visto em jogos como Marvel: Torneio de Campeões e WWE: Immortals, em que você vai jogando os desafios, recrutando novos heróis e jogando até acabar a sua energia do time a não ser que você gaste dinheiro comprando heróis melhores, vida extra, equipamentos melhores para te dar bônus e por assim vai.

Vamos ao trailer:

A trama de Gods of Rome é interessante, apesar de simples: Tenebrous, filho de Hades, se apossou da Chaos Vessel, com isso derrotando todos os deuses e se apoderando de suas almas. Você começa o tutorial jogando com Zeus, que um visual dignamente ursino. Mas logo na primeira luta pra valer você acaba jogando com Julius, um gladiador, chamado de Ascendente (e pelo visto imune aos poderes de Tenebrous), o que é um pouco frustrante.

Quanto ao gameplay, a jogabilidade é simples: toque a direita na tela para ataques rápido, deixar pressionado à esquerda para defesa, deslizar o dedo a direita para ataques médios, deslizar a esquerda para se esquivar e tocar na barra de especial para soltar os golpes especiais. A arte do jogo é bem bacana com cenários caprichados e character designs bem bacanas dos deuses e personagens do Olimpo.

O jogo é gratuito, e você consegue se divertir um pouco. Mas não é daqueles jogos que você vai jogar com afinco. O que me frustrou um pouco pois eu queria muito jogar com o Zeus.

Um jogo de luta mobile no mínimo, interessante…

Bom, segue abaixo o model sheet do senhor do olimpo para vocês admirarem:

Gods of Rome – Zeus
by Gods of Rome
on Sketchfab