Okey, Okey, Woofs Berds de plantão! Eu aumento mas não invento… Antes que vocês Marvetes comecem a soltar rojões e prepararem seus cosplays de Logan para a próxima fashion week, quero esclarecer que o Wolverine em questão não é o nosso conhecido Logan da Terra 616, mas uma contraparte de outra realidade, onde ele é apenas conhecido como James Howlett, Governador Geral do Domínio do Canadá, portador de ossos revestidos de Adamantine, o metal dourado dos Deuses…

Confuso Leitor? Vamos às explicações (com spoilers, é claro!):

Tudo começou em Astonishing X-Men 044, quando logo após a saga Schism, que dividiu os x-men em dois grupos com ideologias divergentes: um liderado por Ciclope e outro pelo Wolverine. Em Utopia, Ciclope é levado por uma Tempestade de outra realidade para uma outra dimensão onde ele se encontra com versões alternativas de Wolverine, Emma Frost, Noturno (aqui chamados de James Howlett, Emmeline Summers-Frost e Kurt Waggoner) que estão sendo usados por, Savior, um sádico Charles Xavier como baterias vivas para sustentar o planeta, que se encontra em deterioração. Com a ajuda de Ciclope eles derrotam Xavier e este retorna à sua realidade. Essa saga, chamada Exalted, durou até o número 47.

Tempos depois, esse grupo de mutantes reaparece em X-Treme X-men (nada a ver com a série tráshica escrita por Chris Claremont, anos atrás), onde a história continua de onde Exalted parou. Depois de salvar o mundo o grupo, liderados por uma cabeça flutuante de Charles Xavier que servia como bateria para Savior ganham o reforço da Alison Blaire, a Cristal, da Terra 616 e juntos viajam através das dimensões para acabar com o Xaviers corruptos.

Sim, leitor, você já leu isso antes. A premissa é idêntica a de Exiles, outro título da Marvel, já cancelado.

Aliás, foi a Cristal que sacou qual era a de Howlett, quando questionou o porquê do companheiro de equipe ficar tão embasbacado ao encontrar o Hércules de uma outra dimensão. No começo ele tenta disfarçar, mas acaba contando que na sua realidade ele fora amante do Semideus e que o metal em seus ossos foi um presente dele. Vejam só:

Eu confesso que achei bem legal pegarem um personagem icônico da editora, mesmo que fosse o de uma terra alternativa e mudar um aspecto tão marcante nele como a sua sexualidade. Em todos esses anos Wolverine – o eterno pegador – seria um dos últimos que eu veria como gay. Ainda mais como namorado de Hércules, o que faz todo o sentido, não é, Estrela Polar? O título se encontra no número 7 e o número 9 promete um confronto entre o mutante canadense e Hércules, confiram a capa:

Ok, a ideia ficou muito boa, mas esse Hércules ficou com o tronco esquisito, não acham?

A edição sai em janeiro… Será que veremos um pouco de amor ursino nas páginas da Marvel?